Só Templates

Créditos



Layout by



Lendas Firminenses: Seminário em Conceição do Turvo


Dizem que Cônego Jacyntho Trombert tinha o sonho de criar um Seminário em Conceição do Turvo. Para alcançar esse propósito mandou uma carta ao Senhor Arcebispo de Mariana, Dom Silvério Gomes Pimenta, fazendo o pedido para instalar o Seminário na Casa Paroquial. Como a resposta demorava a chegar, o Cônego Jacyntho resolveu ir a Mariana falar pessoalmente com o Arcebispo. Naquela época a Casa Paroquial não tinha chaves, e ficava aberta para quem quisesse entrar, mas sempre havia muito respeito. Aproveitando-se da viagem do vigário, certo homem arrumou uma mulher e levou para um dos quartos da casa paroquial e fez a festa com ela. Como a comunicação era muito difícil naquela época, coincidiu que o Arcebispo também resolveu vir a Conceição do Turvo fazer uma Visita Pastoral e também conversar com o padre e ver as acomodações da Casa Paroquial. O Arcebispo ao chegar à Casa se deparou com o dito homem e a mulher. O homem virou pro bispo, e tentando se esquivar do erro, inventou a seguinte história: “Senhor Arcebispo aqui é sempre assim, essa Casa é um antro de perdição, sempre acontece isso aqui, pois o Padre libera tudo”. E acabou com a moral do Cônego Jacyntho. Diante da situação o Arcebispo acabou não aceitando a criação de um Seminário no arraial. Ao regressar ao arraial e ficar sabendo do acontecido Cônego Jacyntho ficou arrasado. Dois anos mais tarde o Padre veio a falecer, dizem que foi devido ao desgosto que passou por causa desse triste acontecimento.

Rodrigo Celi Veiga Dias
Historiador

5 comentários:

Caroline Vespa disse...

kkk, que cara de pau do cara.....

J.R. disse...

ashhashahs...muito bom!!!

blogoutrolado disse...

cara d pau msm rsrs

Victor Viana disse...

Boa historia

Diego Pontes disse...

Faltou só acrescentar que o espírito do padre até hoje faz com que todos que adentrem no local tirem suas roupas, caião na perdição e sodomonia. Retirando os órgãos genitais logo depois.

#LENDAURBANAfeelings